MISSÃO
VISÃO DE FUTURO
VALORES

Atuar com excelência na Assistência à Saúde, prestando um atendimento seguro, humanizado e tecnicamente qualificado.

 

Tornar-se uma entidade de excelência em Saúde e referência no CMN. Ser respeitado na Comunidade Científica Militar e Civil, mantendo-se em condições de apoiar e suprir as necessidades da força quando em situações diversas, se fizer necessário.

 
Ética Profissional;

Humanização no atendimento;

Segurança;

Transparência;

Valorização de Competências;

Eficácia Operacional;




A PALAVRA DO DIRETOR
 

Sejam Bem-Vindos!
Caros Usuários

DIA DO SERVIÇO DE SAÚDE DO EXÉRCITO

 

Neste dia de júbilo, o Hospital Geral de Belém reverencia a memória do patrono do Serviço de Saúde do Exército Brasileiro, Gen de Bda João Severiano da Fonseca, cuja brilhante trajetória  como médico militar é fonte incessante de inspiração para aquele que nos hospitais, nos quartéis, nos campos, montanhas e florestas têm a árdua missão de preservar e recuperar os efetivos humanos do Exército e seus familiares, ou seja, os Soldados de Saúde.
O meio mais eficaz de exercer influência positiva e motivadora sobre um grupo de pessoas é por intermédio do bom exemplo, do altruísmo e do prestígio de uma personalidade modelar, como a do Gen Severiano. Médico, militar, político e escritor, mais acima de tudo um notável humanista, o que ficou bem caracterizado ao longo de sua existência, nos incontáveis gestos de solidariedade e desvelo em prol dos doentes e feridos na árdua Campanha do Paraguai e na assistência às comunidades mais economicamente desfavorecidas da cidade do Rio de Janeiro.
Mesmo após a sua morte a figura insigne de nosso Patrono continuou  guiando e inspirando o Serviço de Saúde do Exército, em outro momento crucial da História, a Segunda Guerra Mundial, como tão bem destacou a NOTA DO COMANDO Nº 9 do Serviço de Saúde da Força Expedicionária Brasileira: “ Na assistência pronta e imediata ao soldado que tomba, no campo de luta, muitas vezes sob feroz ação inimiga, a atuação inexcedível dos padioleiros  dos Corpos de Tropa tem sido posta à prova, sem desfalecimento no cumprimento da nobilitante missão em que, preocupados em salvar a vida ou atenuar o sofrimento do companheiro ferido, põem inteiramente de lado a própria segurança”.
É em meio ao sangue, a dor e a esperança que se molda o espírito do verdadeiro Soldado de Saúde. Em cada participação exitosa da tropa há o cuidado, o consolo e o apoio decisivo da “mão amiga” do Serviço de Saúde.
O militar de Saúde está capacitado a triunfar nos ambientes mais insalubres da Terra, pois todos os dias é treinado para vencer.  Tendo como armas, fármacos e prudência no combate aos agravos infectocontagiosos; habilidade técnica e perseverança na remoção das mais profundas e enraizadas neoplasias e inteligência e compreensão humana para abrandar as inquietações mais complexas da alma.
A trajetória de vida do General João Severiano é o farol de nobres sentimentos que enseja o Corpo Clínico do Hospital Geral de Belém a se dedicar de modo ininterrupto a zelar pela Família Militar e as palavras de nosso inesquecível Patrono que ora iremos proferir, encarnam a síntese da ação de comando de um militar de saúde.
“As conchas da minha balança não tem peso igual para o mérito e o demérito; assim, como sei reconhecer e afagar o merecimento e o bom serviço, sei também profligar a desídia, a incúria e o desmazelo. Caso algum dos senhores queira se aproveitar destas palavras, deixá-las-ei por escrito, para que não percam nenhuma”

 

Salve o Gen Severiano!
Salve o Serviço de Saúde do Exército Brasileiro!
Selva!

                     Mário de Souza Rosas Filho - Cel Med
                    Diretor do Hospital Geral de Belém

 

 


CONHEÇA O HOSPITAL
 
LABORATÓRIO
AMBULATÓRIO
   
ODONTOCLÍNICA
ENFERMAGEM
   
SUBDIVISÃO DE CONTAS MÉDICAS
CCIH
   
FUSEX
DIVISÃO DE MEDICINA
   
RELAÇÕES PÚBLICAS
PROGRAMAS
   
LINKS ÚTEIS
LISTA TELEFÔNICA
   
NOTÍCIAS DA DIRETORIA DE SAÚDE (DSAU)
DICAS DE SAÚDE
 
As dores orofaciais têm origens diversas, tais como problemas dentários ou numa estrutura chamada ATM (articulação têmporo-mandibular) que, simplificando, é a região onde a mandíbula encaixa-se no osso temporal - daí a denominação ATM. A mandíbula é o único osso móvel da cabeça, se não considerarmos os mínimos ossos do ouvido. Quando existem alterações patológicas na ATM estamos diante de uma desordem denominada DTM (disfunção têmporo-mandibular), onde há possibilidade de envolvimento de músculos, nervos, ligamentos e até mesmo da parte óssea.
Leia Mais...
Prevenção do Câncer de Colo Uterino
Dentre todos os tipos de câncer existentes, o de Colo do Útero é o que apresenta um dos mais altos potenciais de prevenção e cura, chegando perto de 100%, quando diagnosticado precocemente. A principal forma de prevenção é a realização do exame preventivo (Papanicolau).
Leia Mais...
Fratura em Idosos, Como Prevenir?
Os idosos em função da idade e de fatores externos como ambiente domiciliar, luminosidade,doenças cardiovasculares ( hipotensão postural, arritmia cardíaca), neurológicas (Mal de Parkinson e AVC), metabólicas(osteoporose) , etc..., são os que mais facilmente sofrem quedas com trauma de baixa energia, ocasionado fraturas em MMSS...

Leia Mais...
Laboratório: Perguntas Frequentes
• Beber água "quebra" o jejum?
• A alimentação interfere nos resultados de colesterol e triglicérides?
• Bebida alcoólica pode alterar resultados de exames?
• Com febre ou gripe posso fazer meus exames?
• Fumar antes de colher exames causa alterações?
• Por que devemos desprezar o primeiro jato de urina quando vamos fazer o exame urina rotina?
• Pode-se tomar café puro durante o jejum?
• Meu intestino não funciona diariamente, posso usar laxantes para colher a amostra?
• Para colher fezes para exame, eu preciso tomar algum cuidado especial?
• O paciente deve suspender os medicamentos antes da coleta de sangue?
• A alimentação interfere nos resultados de exames?
Leia Mais...
SITE APROVADO PELO BOLETIM INTERNO DO CMA N° 145, DE 06 AGO 09 - PÁG 1193